sexta-feira, 16 de março de 2018

Um chá do deserto...

“Aperto as sapatilhas e de mochila às costas avanço na estrada. A estrada que me leva aos sonhos aos que ainda não vivi e aprisiono no meu peito.
Aperto as sapatilhas brancas, delicadas para a areia que me fere e me acorda na caminhada.
Aperto as sapatilhas companheiras de contos e estórias, as minhas que se soltam devagarinho, de mim.
Aperto as sapatilhas para me sentir segura e caminhar no trilho que tracei, para mim!
Sigo,
Sigo em frente olhando o horizonte. Com a brisa, encho o peito de emoções, as que conheço e mim. Os meus olhos abraçam ao sol que me aquece e me purifica de todas as formas de repugnância. 
Sigo as linhas tortas do trilho que as flores me deixaram e com o seu aroma mastigo a angústia dos anteriores passos, dados, na minha vida.
Sinto ainda a leveza na pele e a falta das rugas na alma o que me endurece nas decisões que ainda terei que tomar.
Sinto a força do rio que habita em mim quando o meu coração pousa e de mansinho eu o deixo ali sentado. 
Talvez por medo
Talvez por receio de que fale demasiado
Talvez não queira pensar nisso e finja que está somente cansado.
Aperto as sapatilhas e fujo de mim com toda a força que tenho e me deixa caminhar para ti.”

Poema da autoria da escritora e querida amiga Susana Campos, inspirado numa primeira leitura deste blogue.
Natural de Coimbra, Susana Campos é autora, entre outras, das obras “O Menino que Tinha Medo do Escuro” (com adaptação para língua gestual portuguesa), edição de 2014, “O Menino que Sonhava com uma casa de Chocolate” (2017) e “O menino que tinha um buraco no coração” (2018).
A escrita sempre se destacou na vida da Susana, ocupando um lugar crucial na sua própria realização pessoal e na forma como ela comunica através da arte que abraça, sente e partilha com paixão, transportando sentimentos muito seus.
Parabéns, Susana, e obrigado pelo lindo contributo, pela inspiração e por te juntares nesta caminhada. Bem-vinda. Ahlan ua Sahlan.

1 comentário:

  1. Que honra! Não mereço tanto!
    Obrigada :)de coração :)tanto pela partilha das minhas palavras como pela partilha de sonhos e descrições maravilhosas neste blog:)

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.